Coltec na Desciclopédia

23/02/2008

O COLTEC foi criado em 1532 através de uma parceria entre o governo de Portugal e da Inglaterra, sendo notavelmente conhecido como o primeiro fruto da então recente dívida externa brasileira.

A instituição foi construída no centro do continente descoberto, mais precisamente nas futuras coordenadas de Belo Horizonte, no centro do futuro campus da ainda inexistente Universidade Federal de Minas Gerais. Apesar da escola ser mais antiga que a própria universidade, aparentemente nenhuma pessoa no comando da reitoria da UFMG já teve conhecimento da existência do COLTEC.

Após os pedreiros azuis (ou smurfs como também são conhecidos na UFMG) erguerem o predio do COLTEC em apenas 72 horas, a escola já estava funcionando com os seus professores mais notáveis, e que, milagrosamente, lecionam lá ate hoje. Alguns nomes conhecidos são: Alberto, Adilson, Eduardo, Elildo, Otto, Celsio, etc. Apesar das novas instalações, professores e equipamentos, no início ninguem estudava no COLTEC. Os motivos foram abordados por Murilo Mendes em seu livro História do Brasil, durante o poema entitulado "Linhas Paralelas".

Apenas alguns séculos depois, durante a década de 60, é que o acesso ao local se tornou possível, com a construção do campus da UFMG em volta do COLTEC. Foi mais ou menos durante esses anos que o COLTEC recebeu uma atualização de equipamentos eletrônicos, computadores, reagentes químicos e materiais laboratorias, que são utilizados até hoje pelos alunos. Ainda sim, apesar da construção de estradas a até 100m da entrada da escola, os alunos ainda precisam atravessar a nado o pantano que circunda o local para estudar. Como ultima alternativa nas matanças coletivas de aulas, o pantano acabou recebendo um apelido carinhosos: Coltec Aqua Park.


QUER VER O ARTIGO TODO? CLIQUE AQUI

Nenhum comentário :